FESTA DA COSTELA: “O segredo é estar de bem com a vida”, revelam assadores

 

Assadores, Fogaça e Picolli
Assadores, Fogaça e Picolli

A peça que empresta seu nome ao evento é, para os assadores do CTG, a mais nobre do gado. Mas, se não for bem cuidada, tratada, temperada e assada corretamente, perde todo sabor e textura. Por isso, o carinho que uma única peça exige, é multiplicada pelas toneladas de carne preparadas para o evento. E todos os quilos – que são muitos – recebem o mesmo tratamento.

 

A receita

Para o evento, conforme os assadores, Augusto Fogaça e Sérgio Picolli, que integram o seleto time que cuida da iguaria, a carne vem do Mato Grosso, estado especializado na produção orgânica dos rebanhos. “É uma carne melhor, preparada praticamente sem gordura porque na verdade, a gordura tem que ser pouca, apenas o essencial mesmo”, explica Fogaça.

Já no espaço do CTG, a costela é prepara para enfrentar uma maratona de sete horas, aproximadamente, de fogo intenso, de até 300º graus. Para as cerca de nove toneladas que serão consumidas no evento, aproximadamente 600 quilos de carvão são queimados. As costelas servidas na festa pesam entre 25 e 40 quilos. “Assamos a costela do lado que o boi deita”, explica Fogaça. Traduzindo: é servida a carne mais gordinha, macia, “fofa”, a preferida do gado para dormir.

Por isso, praticamente não há desperdício. “Só se escapam os ossos e um pouco da gordura mesmo”, completa Picolli, assador que dá o toque final à carne a partir do tempero. Neste aspecto, não tem segredo: bastam sal grosso e água da fonte.

 

O segredo

Mas, de todos os ingredientes, o essencial não está no supermercado, tampouco na produção da carne. Está na cabeça de todos os envolvidos na preparação da iguaria. “Se não estivermos de bem com a vida, sem problemas, com a cabeça focada aqui, não assa. A carne enruga, entorta e não sai nada”, garante Fogaça.

Por isso, em todas as edições, um ritual de preparação acontece. A oração, a fé, e a harmonia, garantem o sabor da tradicional costela. O conjunto é tão perfeito que para os assadores do CTG, já rendeu até prêmios aqui e além da “terrinha”.

CostelaX2 CostelaX3

 

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.