UMA PAIXÃO CHAMADA IGUAÇU: Símbolo de uma geração

Luizinho Cruz fez parte do time da década de 80, considerado um dos melhores da história do clube

Luizinho Cruz é um dos maiores ídolos do Iguaçu.
Luizinho Cruz é um dos maiores ídolos do Iguaçu.

Ídolo de uma das gerações mais vitoriosas da Associação Atlética Iguaçu na década de 80, Luiz Carlos Cruz, ou simplesmente Luizinho Cruz, é lembrado até os dias atuais por torcedores da equipe de União da Vitória.

Ainda jovem integrou diversas equipes amadoras de União da Vitória e Porto União. Com o passar do tempo, Luizinho foi se destacando e despertando interesse de outras equipes.

O destaque não ficou restrito ao futebol de campo: se estendeu ao futebol suíço e de salão. Modalidade inclusive, onde o atleta foi um dos destaques da histórica conquista da Pormade, campeã Mundial dos Jogos do SESI no final da década de 90.

As grandes atuações no futebol amador, despertaram o interesse do Iguaçu. Era o início de uma trajetória de sucesso. O ex-atleta integrou uma das gerações mais vitoriosas da equipe de União da Vitória.

Para Luizinho um marco em sua carreira.

“Comecei no futebol muito cedo, não considero que era um craque, mas, um jogador muito aplicado taticamente. Isso fez com que tivesse a chance de jogar no Iguaçu, e foi um momento único”, contou.

Luizinho Cruz (o primeiro agachado da esquerda para a direita)
Luizinho Cruz (o primeiro agachado da esquerda para a direita)

Além de boas campanhas nas edições do Campeonato Paranaense, o Iguaçu da década de 80 chegou a disputar a Série C do Campeonato Brasileiro.

“É uma geração inesquecível, jogávamos de igual para igual com o Coritiba, Atlético, e tivemos a oportunidade de disputar a Série C do Brasileiro, um feito histórico em nossa carreira”.

E o Iguaçu proporcionou visibilidade a diversos jogadores, que tiveram a oportunidade de integrar grandes equipes do futebol paranaense.

“Foi uma época muito positiva, além de muito competitiva, a equipe proporcionou grandes oportunidades a vários jogadores. Nos jogos haviam diversos observadores de equipes que em seguida acabavam contratando os atletas. Um deles foi o Amauri, um dos melhores de nossa geração que teve a chance de jogar no Vasco”, enfatizou.

Boas lembranças

Luizinho (agachado o primeira da direita para a esquerda)
Luizinho (agachado o primeira da direita para a esquerda)

Além da idolatria do torcedor, o futebol proporcionou laços de amizade para Luizinho. “Muitas amizades, essa é uma das grandes conquistas que o futebol nos proporciona, e me orgulho muito disso, fiz muitos amigos durante minha carreira”, destacou.

Segundo Luizinho o Iguaçu é uma marca muito forte, que ultrapassa gerações.

“O Iguaçu sempre foi muito respeitado em todo o Estado, e esse respeito se deve muito por causa da torcida, pois historicamente as maiores médias de público foram em União da Vitória”, afirmou.

Para o ídolo, o Iguaçu representa uma capitulo importância de sua vida. “As vezes lembro das histórias, do vivenciei no Iguaçu e não acredito que faço parte de tudo isso. É um orgulho muito grande. Se pudesse definir o clube em uma palavra seria, felicidade”, finalizou.

Na internet

A entrevista em vídeo com Luizinho Cruz, ídolo do Iguaçu, pode ser assistida abaixo. A conversa, faz parte da série especial ‘Uma paixão, chamada Iguaçu’.

0 COMENTÁRIOS