Diretor de ‘Um Lugar Chamado Notting Hill’, Roger Michell morre aos 65 anos

O cineasta sul-africano naturalizado britânico Roger Michell morreu nesta quinta-feira, 23, aos 65 anos, de acordo com um comunicado de sua assessoria enviado à imprensa internacional. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Michell se tornou célebre no mundo do cinema ao dirigir a comédia romântica Um Lugar Chamado Notting Hill, de 1999, com Julia Roberts e Hugh Grant.

Em 2021, chegou às plataformas de streaming brasileiras um de seus últimos filmes, A Despedida, de 2019, adaptação de um drama familiar dinamarquês. Em entrevista ao , em abril deste ano, Michell afirmou: “Num mundo sem Deus, é mais difícil pensar sobre a morte”.

Nascido na África do Sul, ele se naturalizou britânico e viveu majoritariamente no Reino Unido, onde dirigiu seus principais filmes, como Persuasão, de 1995, inspirado em Jane Austen, e Fora de Controle, de 2002, com Ben Affleck.Seu filme mais recente foi The Duke, de 2020.

Michell deixa quatro filhos.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.