Precisamos ‘desbolsonarizar’ o PSDB, diz Arthur Virgílio

O ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio voltou a reclamar neste sábado, 27, da presença de ‘bolsonaristas’ no PSDB. O político disputa as prévias do partido que escolhe hoje seu pré-candidato para disputar a Presidência da República nas eleições do ano que vem.

Virgílio declarou que o partido tem passado por “dificuldades” com parlamentares que apoiam o presidente Jair Bolsonaro. “Ela (a bancada bolsonarista) faz dobradinha com Bolsonaro, ela vai lá e vota contra decisões da própria diretiva, então, eu o tempo inteiro eu dizia que é preciso ‘desbolsonarizar’ o PSDB”, afirmou.

“Nós não vamos poder continuar com essa dicotomia de bolsonaristas e não-bolsonaristas. Nós temos que chamar essas pessoas para o nosso redil e as que não forem do nosso redil, por favor procurem outro (partido).”

Parlamentares do PSDB têm se posicionado a favor do governo federal e dividido a sigla. O comando da legenda definiu que o partido é de oposição, mas a maior parte da bancada na Câmara ainda vota de maneira favorável aos projetos do Palácio do Planalto.

Na semana passada, durante as prévias do partido, a deputada federal Mara Rocha (PSDB-AC) protagonizou uma confusão durante as prévias da sigla – que foram interrompidas por falhas no aplicativo. Na fila de votação para escolher o candidato do partido em 2022, a deputada brigou com o presidente do PSDB do Acre, Manoel Pedro de Souza Gomes, e anunciou que sairia da legenda e apoiaria a reeleição de Bolsonaro.

No evento do partido, Mara afirmou que o presidente do PSDB no Acre estava pedindo votos para um “falso tucano”. E disse: “Sou Bolsonaro mesmo, vou para o PL”. O PL é o partido que deverá abrigar o projeto de reeleição de Bolsonaro.

As prévias do PSDB foram retomadas neste sábado. Os governadores João Doria (São Paulo), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul) e Arthur Virgílio concorrem.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.