Carro elétrico vai reforçar ações de sustentabilidade do BRDE

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) recebeu um carro elétrico do projeto VEM PR, iniciativa que envolve o Governo do Estado, por meio da Superintendência Geral de Inovação, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e a Fundação Parque Tecnológico de Itaipu (FPTI).

Por esta parceria, o governo estadual recebeu dez carros elétricos (modelo Zoe, da Renault), em regime de comodato, para serem incorporados à frota oficial. O objetivo é estimular a adoção de políticas sustentáveis e a difusão de modelos inovadores de gestão governamental. O carro repassado ao BRDE faz parte deste lote.

O veículo foi entregue ao presidente do Banco, Wilson Bley Lipski, pelo chefe da Casa Civil do Governo do Estado, João Carlos Ortega, nesta segunda-feira (23), no Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leões. A ação está incluída no denominado “comportamento verde” do BRDE, que busca compensar a emissão, pelo banco, de gases do efeito estufa.

Uma das bases para essa conduta é o resultado do Inventário de Emissão de GEE, realizado pela Universidade Federal do Paraná, na agência do BRDE de Curitiba, que aponta os ativos e passivos ambientais em 2021. Dessa forma, o BRDE segue a trajetória para se tornar o primeiro banco verde do País.

“Precisamos ser modelo, através de um novo comportamento e, com isso, estimular outras empresas ou órgãos do próprio Governo a terem uma postura semelhante”, disse Lipski. Ele lembrou que do volume de contratos de financiamento firmados só no primeiro trimestre desse ano 22,8% são enquadrados nas linhas de sustentabilidade e inovação e a meta é atingir os 30% até o fim do ano.

“Nossa missão é com a sustentabilidade e esse veículo tem um papel importante nesse tema”, disse o chefe da Casa Civil, João Carlos Ortega. “A parceria com o BRDE está de acordo com os principais objetivos do Projeto VEM PR, de redução do custo de operação e manutenção por veículo, taxa de utilização superior em relação aos tradicionais, diminuição da emissão de gases tóxicos, modelo de promoção do compartilhamento e ampliação do debate sobre políticas voltadas à mobilidade elétrica”.

INVESTIMENTOS – Foram investidos, pela ABDI e Fundação Parque Tecnológico Itaipu, R$ 2 milhões no projeto VEM PR, sendo R$ 1,8 milhão na aquisição dos dez carros, que são importados, e aproximadamente R$ 200 mil no desenvolvimento da plataforma de gestão de compartilhamento.

Os veículos estão cedidos para a frota do Estado para serem utilizados no sistema de compartilhamento entre servidores. Eles vêm equipados com o aplicativo MoVe, desenvolvido pelo PTI, que permite reservar os veículos disponíveis, acompanhar sua localização, monitorar a velocidade, a carga de bateria, as rotas percorridas, além de outras informações. Os carros são desbloqueados com cartões cadastrados no sistema, têm autonomia de até 300 quilômetros e velocidade limite de 135 km/h.

PARTICIPAÇÃO – O ato de entrega foi acompanhado pelos colaboradores do BRDE, com a participação do chefe de gabinete da Casa Civil, Fhelipe Cavalheiro, e o superintendente do BRDE, Paulo Starke Junior. Após o evento, a coordenadora do Espaço Cultura BRDE, Rafaela Tasca, realizou uma visita guiada aos convidados da Casa Civil.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.