Centenário de União da Vitória protagoniza livro Santos de Casa

Lançamento da obra aconteceu no Cine Teatro Luz

Foto: Ronaldo Mochnacz

Therezinha Leony Wolff e Cordovan Frederico de Melo Junior há quase três décadas já dispunham de um manuscrito sobre o Centenário de União da Vitória. A narrativa estava toda lá, aguardando o momento certo para vir a público. Segundo Therezinha a data chegou e servirá de documento às próximas gerações.

Foto: Ronaldo Mochnacz

Juntos, Therezinha e Cordovan apresentaram o livro ao público na noite da sexta-feira, 19, no Cine Teatro Luz. O intuito é que o material tenha fácil acesso a população. “O livro estava pronto há muito tempo. Estávamos aguardando um momento oportuno para seu o lançamento. Além da pandemia, tivemos que aguardar a reforma do Cine Luz, pois queríamos que a obra fosse lançada lá, pois foi com o centenário de União da Vitória que o prédio do Cine foi tombado e está preservado. Sobre a obra, eu fico imensamente feliz em colaborar com a história da cidade e por retribuir as pessoas que colaboraram comigo por todos esses anos. É por isso do nome Santos de Casa. Na época o festejo do centenário dispôs de poucos recursos financeiros; por isso ele vem a público agora”.

Foto: Ronaldo Mochnacz

De acordo com Cordovan, foi uma honra dividir a obra ao lado de Therezinha. “É um livro essencial para as futuras gerações, pois décadas se passaram desde o Centenário e os jovens necessitam de uma fonte de pesquisa”, diz.

Santos de Casa aborda os acontecimentos de União da Vitória desde a sua fundação em 27 de março de 1890 até os momentos que marcaram o primeiro centenário da cidade. A obra estará disponível na Biblioteca Municipal e nas instituições de ensino do Vale do Iguaçu.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.