Cras de Irineópolis orienta crianças sobre guarda responsável de pets

Crianças e adolescentes que participam do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Referência de Assistência Social  (Cras) estão aprendendo desde cedo sobre a proteção e o respeito com os animais. A atividade deste mês do projeto Cras em Casa está levando orientações sobre guarda responsável, incentivando a criatividade e proporcionando momentos descontraídos entre as crianças e seus animais de estimação.

“A atividade proposta foi que as crianças e adolescentes enviassem fotos e vídeos de seus pets e também criassem, utilizando material reciclável, um comedouro, bebedouro ou caminha para o animalzinho”, conta a psicóloga do Cras, Juliana Portes. Os participantes do projeto também receberam uma cartilha elaborada pelo médico veterinário da prefeitura, Paulo Chiarentin, com informações sobre como cuidar bem de seu animalzinho em casa.

O cachorro caramelo é um dos dez animais de estimação da família de Gustavo Henrique Melo. Aos 11 anos, o morador do loteamento Colina Verde sabe da responsabilidade que é cuidar de cães e gatos. “Saio andar com os cachorros na coleira, coloco água e comida. Se a gente cuidar bem eles convivem bem com a gente também”, conta Gustavo, que utilizou garrafa pet para confeccionar um bebedouro para os animais.

No bairro São Francisco, Ícaro Davi Fernandes e sua irmã brincam com o cachorrinho Bidu. “Eu cuido bem dele e a gente brinca. Eu corro e ele corre atrás”, comentou Ícaro. Segundo a psicóloga Juliana Portes, cerca de 50 crianças e adolescentes receberam as cartilhas e participaram dessa atividade do projeto Cras em Casa. Desde o início da pandemia de Coronavírus, a equipe da Secretaria de Assistência Social tem adotado medidas seguras e criativas para manter os serviços, programas e atendimentos. Entre as iniciativas estão as sacolas de atividades entregues em casa e o envio de vídeos, desafios e informações através do whatsapp.

A secretária de assistência social, Vera Lúcia Cubas, explica que a atividade também buscou demonstrar a importância dos animais de estimação na convivência familiar. “Os vídeos que recebemos são prova disso, tivemos relatos lindos das crianças apresentando seus animais de estimação, brincando e cuidando, com carinho e responsabilidade”, destaca a secretária. O projeto Cras em Casa é conduzido pela Coordenadora do Cras Wianey Teles dos Santos.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.