É o amor! Nem 19 mil KM separaram os dois

Coreano viaja mais de 19 mil km para conhecer namorada em São Mateus do Sul

Essa é uma história digna de produção de filme e um especial para esse Dia dos Namorados! Lee Dong Il, de 20 anos, viajou mais de 19 mil quilômetros para encontrar sua namorada Kauane Belo Fagundes, de 18 anos, moradora da Vila Nepomuceno, em São Mateus do Sul.

Lee veio da Coreia do Sul para encontrar pela primeira vez Kauane após dois anos de namoro pela internet e ficará três meses no município. Em entrevista para a RDX, Lee e Kauane contaram que se conheceram pelo Instagram e desde então não pararam mais de se falar.

Interesse pela cultura coreana foi o início do relacionamento

Kauane explica que desde muito jovem assistia doramas coreanos, uma espécie de ‘novela’ do país, e dessa forma começou a se interessar ainda mais pela cultura e consequentemente passou a seguir e acompanhar perfis das pessoas da Coreia. Através de um seguidor em comum, os perfis de Lee e Kauane se encontraram e as conversas iniciaram. “A gente conversa todo dia e sabe bastante coisa da vida um do outro”, diz Kauane.

A são-mateuense conta também que antes mesmo de conhecer Lee, procurava estudar o inglês de forma independente. Ela chegou sozinha ao nível intermediário e para aperfeiçoar a fala e escrita, matriculou-se em uma escola de inglês do município. Essa linguagem é fundamental para o relacionamento do casal visto que os dois conversam em inglês.

Mas o que a família acha desse relacionamento?

Conversas pela internet merecem sempre a atenção e alerta, pois alguns perfis podem se tratar de pessoas fakes e o cuidado merece ser redobrado. Kauane conta que sempre ficou atenta a isso e por meio de conversas em vídeo viu que Lee era mesmo o jovem que ela conversava.

Tudo isso foi repassado tanto para os pais de Kauane quanto para os pais de Lee, que apoiaram a relação e toda essa aventura e conexão entre Brasil e Coreia.

Hoje Lee fica na casa de Kauane e a família toda ficou encantada com a educação e cordialidade do jovem. Kauane é responsável pela tradução e comunicação entre eles. Lee já até arrisca algumas palavras em português durante suas conversas.

Em São Mateus do Sul Lee já foi apresentado para o tradicional pastel da Tuty e os hambúrgueres artesanais. Ele contou para a RDX que gostou muito de tomar guaraná e ficou encantando com a Igreja Matriz.

Futuro do casal

O visto de Lee vai até o mês de agosto, mas Kauane conta que já iniciou toda a documentação com o passaporte para visitar a Coreia em 2023.

!E ahhhhh… recadinho para os solteiros: na próxima vez que alguém reclamar em vir te ver porque é ‘muito longe’, lembre dessa história!

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.