Em SC lideranças homologam apoio a pré-candidatura de Claudia Prudêncio 

Atual presidente da CAASC concorrerá à presidência da Seccional, no primeiro pleito com uma mulher candidata, e atual presidente integrará chapa para diretoria nacional

Rafael Horn deverá concorrerá à direção da OAB Nacional e Claudia Prudêncio é pré-candidata à presidência da OAB/SC

Mais de 300 lideranças homologaram, na noite de quinta-feira, 07, a advogada Claudia Prudêncio como pré-candidata à presidência da OAB/SC, no pleito que ocorrerá no fim de novembro. Ela será a representante da atual gestão na disputa para suceder Rafael Horn, que por sua vez foi homologado para integrar a chapa que concorrerá às eleições da OAB Nacional. A posição foi tomada de forma colegiada por presidentes de Subseções da OAB/SC, conselheiros federais por Santa Catarina e conselheiros estaduais, no encontro on-line “Transformação em curso”, que contou com participantes de todo o Estado e também com manifestações de apoio de diversas lideranças da advocacia no interior do Estado.

“Esta escolha busca dar sequência à gestão que promoveu as maiores transformações para a advocacia catarinense. Nestes últimos três anos, o Estado de Santa Catarina passou talvez pelos seus momentos mais difíceis, com pandemia, processo de impedimento do governador, graves eventos climáticos e crise. E mesmo assim esses dirigentes construíram a melhor gestão da história da OAB de Santa Catarina, a despeito de tantas dificuldades. E diante do sucesso da gestão em Santa Catarina, temos um projeto nacional, para ampliar para todo o País o que conquistamos para nosso Estado”, destacou na abertura do encontro o atual conselheiro federal por Santa Catarina e ex-presidente da OAB/SC (2016-2018), Paulo Brincas.

Claudia é a atual presidente da Caixa de Assistência dos Advogados (CAASC), que pela segunda vez na história é conduzida por uma mulher. Dentre outras funções que já desempenhou no Sistema OAB/SC, foi coordenadora das comissões de trabalho temáticas da Seccional, conselheira estadual e corregedora do Tribunal de Ética e Disciplina. “Quando este time assumiu a gestão tínhamos muitos compromissos, e um deles sempre foi primordial: atender a todos e acolhê-los sem distinção, e acredito que este sempre foi o marco de nossa gestão. Conseguimos aproximar a Ordem dos advogados em todo o Estado, dando vez e voz também a tantas outras mulheres”, destacou no encontro.

“Foram convidados a tomar esta decisão todos aqueles que estiveram conosco nesta caminhada, repleta de adversidades, aos quais agradeço. Nosso sonho para o plano nacional é ampliar a democracia, é que as decisões sejam tomadas de forma colegiada, como implementamos em Santa Catarina, resultando inclusive na mobilização desta noite, em que as lideranças foram ouvidas sobre nossas pré-candidaturas. Queremos levar a transformação iniciada em Santa Catarina para a OAB Nacional”, destacou Rafael Horn.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.