Greve dos servidores estaduais é mantida no PR

A discussão sobre o projeto de reajuste que deveria acontecer nesta segunda-feira, 08, na Alep, ficou para o segundo semestre

Ainda não chegou o fim da greve dos servidores estaduais no Paraná. A discussão sobre o projeto de reajuste que deveria acontecer nesta segunda-feira, 08, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), ficou para o segundo semestre.

A informação é do repórter Deividi Lira, que acompanhou a sessão plenária, e compartilhou a informação durante o Programa CBN Tarde de Notícias.

Em entrevista coletiva, o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Ademar Traiano (PSDB), relatou que os trabalhos do primeiro semestre legislativo serão encerrados nesta semana e que a proposta de reajuste dos servidores do Poder Executivo, encaminhada à Alep na semana passada, será discutida somente a partir de agosto.

“A ideia era pautarmos esse projeto ainda no dia de hoje, mas parece que há um processo de negociação com o Governo e a liderança do Governo me pediu para que a gente não colocasse na pauta”, relatou. Os entendimentos estão ainda em fase de construção e eu não colocarei em pauta esta matéria neste período”, completou Traiano.

Paralisação

Servidores públicos estaduais de diversas categorias decidiram iniciar uma paralisação por tempo indeterminado no dia 25 de junho, após o governo do estado negar o pagamento da data-base alegando não ter dinheiro em caixa para o reajuste. Os trabalhadores não recebem a reposição da inflação desde 2015. Para o Fórum das Entidades Sindicais (FES), que reúne entidades representativas de 28 categorias do funcionalismo estadual, haveria condições de fazer a reposição das perdas inflacionárias ao menos do último ano.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta