Menino Breno deixa União da Vitória para fazer cirurgia nos EUA

Mobilização pelo tratamento deu certo; família desembarca no País de morada provisória na segunda-feira, 27

A má formação nas pernas do menino Breno pode ser corrigida com cirurgia fora do País.

breno
Cirurgia para correção será na Flórida (Foto: Reprodução).

É por isso que os moradores do Vale do Iguaçu e da região se mobilizaram – como algo nunca visto antes, para arrecadar os R$ 700 mil reais para o tratamento do menino. O valor ainda não foi arrecadado na sua totalidade, porém já é possível dar início ao tratamento.

Breno e sua família já estão em viagem; eles desembarcam em sua mais nova morada – provisória, na segunda-feira, 27.

O Breno nasceu sem a fíbula na perna direita e na perna esquerda ela é mais curta.

“É uma doença muito rara e por ser assim, no Brasil não existe um procedimento adequado .A alternativa seria amputar as perninhas”, conta a mãe do menino, Taiana Manuela.

Essa má formação é chamada de hemimelia fibular bilateral, ou seja, falta um osso na perna, no caso, a fíbula. Conforme a mãe, a chance do problema acontecer em uma das perninhas é de um para cada 50 mil, em média. Nas duas (como é o caso de Breno), uma a cada 150 mil, aproximadamente.

O problema só foi identificado com clareza após o nascimento de Breno.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta