Liberada pesca do lambari na época do defeso em Porto União

(Foto: Assessoria).
(Foto: Assessoria).

Na quinta-feira, 23, foi realizada em Porto União uma reunião com os representantes das pousadas que exploram a pesca do lambari na região de Santa Cruz e de São Pedro do Timbó.

As pousadas estavam enfrentando dificuldades depois da proibição da pesca do lambari na época do defeso, entre primeiro de novembro e 21 de fevereiro de cada ano. A Instrução Normativa nº 25/2009 do IBAMA não levava em consideração as particularidades do rio Timbó. Santa Cruz e São Pedro do Timbó, além do município vizinho Irineópolis, desenvolveram todo um conjunto de atividades baseadas na pesca do lambari.

Segundo a Prefeitura, o turismo local estava sendo atingido pela imposição que repercutia também na economia.

As tentativas de alterar a imposição já estavam sendo feitas pelos municípios, mas era uma empreitada muito difícil e burocrática, já que se tratava de uma instrução normativa a nível federal.

Entretanto, contando com a ajuda de nomes de peso na política como os deputados federais Fábio Schiochet, Darci e de Matos, Carlos Chiodini e José Mário Schreiner, além do vereador Luiz Alberto Pasqualin e representantes do município de Irineópolis, o prefeito conseguiu entregar diversos estudos que comprovam que o lambari no rio Timbó não precisa ser protegido na época do defeso, diretamente no Ministério da Agricultura, na Secretaria da Pesca.

Dessa forma, as pousadas estão liberadas, com algumas poucas restrições, para voltarem a receber seus hospedes pescadores. Uma conquista para as pousadas, para o município, para a economia.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.