OPERAÇÃO CARNAVAL: Pescadores são notificados por pesca irregular

Equipes do Instituto Água e Terra do Paraná fiscalizou as atividades de pesca durante o Feriado

(Foto: Ricardo Silveira).
(Foto: Ricardo Silveira).

Nos últimos dias, equipes do Instituto Água e Terra do Paraná, escritório Regional de União da Vitória, estiveram mobilizadas na ‘Operação Carnaval’. Os resultados da ação foram apresentados nessa sexta-feira, 28.

A Operação

As equipes começaram a fiscalização das atividades de pesca no município de São Mateus do Sul, seguindo pela extensão do Rio Iguaçu chegando até as barragens do Foz do Areia e Salto Segredo.

José Everling, Chefe do escritório Regional de União da Vitória
José Everling, Chefe do escritório Regional de União da Vitória

Segundo José Everling, Chefe do escritório Regional de União da Vitória do Instruto Água e Terra, além da fiscalização, as equipes buscam promover o trabalho de orientação aos pescadores.

“Buscamos orientar os pescadores, repassando a eles o que diz a fiscalização”, disse.


NÚMEROS DA OPERAÇÃO

  • 9 pescadores notificados em flagrante pescando com redes
  • 4 botes foram destruídos
  • 3 mil metros de redes foram apreendidos
  • 5 feiticeiras foram apreendidas
  • 19 covas de pesca foram destruídas
  • 74 anzóis de galho
  • 3 espinheis
  • 4 motores de poupa foram apreendidos
Equipe do escritório Regional de União da Vitória
Equipe do escritório Regional de União da Vitória

IAP, agora é Instituto Água e Terra

Desde o início do ano, o Governo do Estado do Paraná incorporou o ITCG (Instituto de Terras, Cartografia e Geologia) e do Instituto das Águas do Paraná pelo Instituto Ambiental do Paraná – agora denominado Instituto Água e Terra.

A incorporação faz parte da reforma administrativa proposta pelo Governador Ratinho Júnior.

Segundo o Governo do Estado, os 21 escritórios do antigo IAP, espalhados por todo o Paraná, funcionam normalmente com o novo nome. Todas as áreas ambientais serão introduzidas nos escritórios.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta