Coligações de União da Vitória repudiam pesquisa

Levantamento encomendado pelo Jornal O Comércio, foi publicado nesta sexta-feira

(Foto: Reprodução).
(Foto: Reprodução).

Após a publicação da pesquisa feita pelo instituto Radar Inteligência, com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 08045/2020, encomendada pelo jornal O Comércio, as coligações de União da Vitória se manifestaram sobre o retrato apresentado.

O levantamento foi divulgado na edição desta sexta-feira,16, com a proposta de saber o que pensam os eleitores sobre os candidatos ao cargo de prefeito na largada do período eleitoral atual.


Discordaram

Os representantes dos candidatos que não aparecem na liderança da pesquisa emitiram notas de repúdio refutando as projeções. São eles: Partido Trabalhista Cristão (PTC), que conta com atual vereador Almires Bughay Filho e a enfermeira Patrícia de Faria; a coligação “Nova União” formada pelo ex-prefeito Pedro Ivo Ilkiv e o advogado Ernani Bortolini do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB); a chapa “Somos PROS, o novo de verdade” com a veterinária Sigley Narcizo e o médico Juliano Silva Alves; e o Partido Democrático Brasileiro (PDT) com Nelson Pedroso e a advogada Soiane Rudnicki.


Confira: 

Partido Democrático Brasileiro (PDT): 2020-vvale-pdt


“Somos PROS, o novo de verdade”:

2020-vvale-pros

 


Partido Trabalhista Cristão (PTC):

2020-vvale-ptc


Coligação “Nova União”: 

2020-vvale-pt


Rebateu
Já o Partido Progressista (PP) e a coligação com o Partido Socialista Democrático Brasileiro (PSDB), encabeçada por Bachir Abbas e Jairo Clivatti, e que aparecem na liderança na pesquisa atual, emitiram nota pública em que colocam que o levantamento foi realizado por um órgão de imprensa independente e devidamente registrada.

2020-vvale-nota


Confira:

Na mesma edição em que foi publicada a pesquisa, o jornal se posicionou por meio de um editorial em que lembra que pesquisa eleitoral representa um retrato da situação momentânea e que a eleição e o trabalho dos partidos e candidatos pode alterar o resultado final das urnas a ser conferido em 15 de novembro.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta