Governo e TJPR firmam parceria para projeto Rolê Cívico Paranaense

Projeto vai aproximar jovens universitários no ambiente de gestão estadual, para que aprimorem conhecimentos e compreendam o funcionamento da administração

(Foto: Agência de Notícias do Paraná).
Para a aproximação com os alunos, a denominação foi escolhida em uma linguagem jovem (Foto: Agência de Notícias do Paraná).

O Governo do Estado e o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) assinaram na última terça-feira, 14, um acordo de cooperação para a implementação do projeto intitulado “Rolê Cívico Paranaense”, de inserção de jovens universitários no ambiente de gestão estadual. Desenvolvido pela 2ª vice-presidência do TJ-PR, o trabalho interinstitucional vai envolver Executivo, Legislativo e Judiciário, com a participação direta das universidades.

Assinaram o documento o vice-governador Darci Piana, o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o 2º vice-presidente do Tribunal de Justiça e presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos, desembargador José Laurindo de Souza Netto, e o desembargador Celso Mainardi.

O objetivo do projeto é proporcionar aos estudantes universitários a vivência da rotina dos três poderes e, com isso, aprimorar os conhecimentos e compreender como funciona na prática a estrutura interna da gestão. Para a aproximação com os alunos, a denominação foi escolhida em uma linguagem jovem.

Segundo o desembargador José Laurindo, a intenção é modificar a compreensão que o jovem tem da vida pública. “Com essa atividade, pretendemos resgatar esses valores e a a participação dos jovens na política.” explicou ele.

O governo estadual aceitou colaborar com o projeto e realizar a ação integrada para compartilhar o funcionamento do Estado, disse o chefe da Casa Civil, Guto Silva. “O princípio desse projeto é a presença física dos jovens acompanhando e participando das atividades para contribuir com o desenvolvimento do estado”, disse ele.

Primeira Turma

A partir do dia 6 de Junho, o projeto deve ser iniciado com a visita da primeira turma selecionada, da Universidade Positivo de Londrina. Os universitários serão acompanhados pelo representante do Tribunal de Justiça até o Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo. A Casa Civil fica responsável pela visita guiada dos estudantes, além de ministrar uma pequena apresentação sobre o funcionamento do executivo. As universidades escolhidas são cadastradas pelo TJPR.

Documento

Também assinaram o documento, como testemunhas, o juiz auxiliar da 2ª vice-presidência, Anderson Fogaça e a chefe de Gabinete da 2ª vice-presidência Janaína Guimarães Sá.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta