Dor no joelho? Incomodo não se restringe apenas à terceira idade

Pesquisa recente observou que cerca de 69% dos brasileiros acima de 18 anos sentem dores na articulação do joelho; especialista comenta o assunto

Seu joelho dói?

2020-joelho1
(Foto: reprodução)

Hum. Então você precisa ler a reportagem e buscar um especialista.

De acordo com médico Álvaro Pereira, especialista em cirurgia vascular no Brasil e pós-doutorado em Harvard, muitas pessoas pensam que dores nos joelhos são reclamações de quem está envelhecendo.

“De fato, os ossos, articulações e músculos sofrem mudanças naturais com a passagem do tempo e, isto pode mesmo levar a dor. O incômodo é recorrente em várias idades”, comenta.

Por exemplo, cerca de 18 milhões de pessoas nos Estados Unidos sofre com dores nos joelhos – o que equivale um pouco mais do que a população da cidade de São Paulo. “Jovens ou não tem procurado ajuda médica para solucionar o problema”.

Recentemente foi divulgada a pesquisa “Saúde e qualidade de vida: A relação com os pés, tornozelos e joelhos”, realizada pela Pés Sem Dor, empresa especialista em palmilhas ortopédicas. Os dados mostram que cerca de 69% dos brasileiros acima de 18 anos sentem dores na articulação do joelho. Enquanto 70,5% do público feminino revela ter dores na região; 65% dos entrevistados masculinos disseram sentir desconfortos nesse local.


Outro dado interessante é o alto grau de correlação entre a dor no joelho e o elevado índice de massa corporal (IMC) dos entrevistados.

Segundo o especialista, o joelho é considerado a maior articulação do corpo e faz parte do sistema musculoesquelético. É formado por cartilagens e ligamentos, além de quatro ossos: fêmur (na coxa), tíbia (na parte da frente da perna), fíbula (na parte de dentro do joelho) e patela (parte da frente do joelho). Funciona como uma alavanca que precisa de lubrificação e amortecimento para funcionar direito. Além de ter uma espécie de almofada de cartilagem (o menisco) com a função de reduzir o atrito da estrutura.


Causas

A dor aparece, porque o funcionamento do joelho pode ser alterado na presença de lesão, desgaste ou doença. Ela pode ser de dois tipos: Traumática; quando há queda ou batida durante uma atividade física, por exemplo, ou degenerativa; como por exemplo, artrose. A dor pode ocorrer também devido a processos inflamatórios, doenças autoimunes, como artrite reumatoide, espondiloartrite e lúpus.

2020-joelhos1
(Foto: reprodução)

Desgaste por uso excessivo da articulação, desalinhamento dos joelhos e sobrepeso também fazem parte da lista. “Embora a dor seja o principal sinal de que há algo errado no joelho, ela pode vir acompanhada de inchaço, calor, dificuldade para se mover e até febre baixa, quando há inflamação”.


Tratamento

Dentre os tratamentos disponíveis existem a fisioterapia, exercícios para fortalecer os músculos e aliviar a dor, mudança de hábitos como manter o peso saudável para não sobrecarregar os joelhos, uso de analgésicos e anti-inflamatórios e até cirurgia, quando é a única solução para corrigir danos estruturais. 

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta