Focos do mosquito Aedes aegypti foram encontrados em Irineópolis

Informação é do departamento de vigilância epidemiológica do município

Entre os meses de janeiro e abril deste ano foram encontrados 14 focos positivos do mosquito Aedes aegypti em armadilhas instaladas no centro, bairros e localidades de Irineópolis.

arquivo-iri
Arquivo/Epidemiologia de Irineópolis

A informação é do departamento de vigilância epidemiológica do município, que alerta para a necessidade de toda a população eliminar os criadouros do mosquito transmissor da Dengue, Zika vírus e Chikungunya.

Segundo as agentes de endemias, em algumas armadilhas foram encontrados focos positivos mais de uma vez neste ano. Cada armadilha auxilia na detecção precoce da presença do mosquito em um raio de aproximadamente 300 metros.

“A dengue é uma doença grave e que pode levar à morte, por isso lembramos a todos que eliminem os materiais que podem se tornar criadouros do Aedes aegypti, como latas, pneus, garrafas e objetos diversos que podem acumular água e ocasionar a proliferação do mosquito”, orienta a agente de endemias Angrenni Simone da Silveira Assunção.


Conforme a lei municipal 2097 de 16/12/2020, locais que possibilitam a proliferação do mosquito estarão passíveis de advertência e multa.

0 COMENTÁRIOS