Irineópolis realiza inspeção em cemitérios

Objetivo é eliminar possíveis criadouros dos mosquitos Aedes aegypti e Aedes

Na próxima semana as agentes de endemias em conjunto com a vigilância sanitária de Irineópolis realizam novamente a inspeção em todos os cemitérios do município.

(Foto: Arquivo)

A ação tem como objetivo eliminar objetos que possam acumular água e se tornarem criadouros dos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus.

Cumprindo com a legislação estadual e também com a lei municipal 2.097 de 16/12/2020, as equipes que farão a inspeção irão descartar qualquer depósito potencial criadouro dos mosquitos. As agentes de endemias explicam que de acordo com a legislação vigente, nos casos em que vasos e floreiras ou outros recipientes já existam nos cemitérios e que sejam passíveis de proliferação dos mosquitos Aedes aegypti ou Aedes albopictus, o poder público por meio da vigilância sanitária está autorizado a apreender e inutilizar esses materiais sem prévio aviso aos familiares.

“Lembramos que ainda de acordo com a legislação, os familiares ou responsáveis ficam obrigados a realizar a manutenção, limpeza e adequação das sepulturas, túmulos e monumentos funerários, ficando sujeitos às sanções dispostas na lei quando em desacordo com as normas vigentes”, enfatizam as agentes de endemias Angrenni Simone da Silveira Assunção e Dayane de Oliveira Meireles. Conforme orientação recebida da Gerência Regional de Saúde e tendo em vista que outros municípios já estão adotando esta estratégia, durante as inspeções os túmulos que possuírem depósitos irregulares receberão um adesivo de advertência, e os depósitos serão apreendidos e inutilizados.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.