Orlistat: Conheça os Prós e Contras do Uso

Orlistat faz parte de uma classe de medicamentos chamados de agentes anti-obesidade e, mais particularmente, inibidores de lipases gastrointestinais

Ainda existem algumas dúvidas sobre os prós e contras do uso do Orlistat, no entanto, várias pessoas afirmam ser um forte aliado na perda de peso.

Já se sabe que a obesidade hoje em dia é um problema de saúde pública, por conta da mudança de estilo de vida associado a um maior consumo de calorias e menos práticas de atividade física.

Orlistat Conheça os Prós e Contras do Uso 1

 

Mesmo se as dietas, hábitos alimentares saudáveis e uma atividade física regular ajudarem na batalha para perder quilos extra, algumas pessoas ainda apresentam uma certa dificuldade.

Nesse caso o Orlistat pode ajudar, na Bio High você encontra esse suplemento totalmente natural no entanto, é preciso estar atento não apenas aos seus benefícios, mas se há alguma contraindicação, o que evita efeitos colaterais indesejados.

O que é Orlistat?

Em primeiro lugar, o Orlistat faz parte de uma classe de medicamentos chamados de agentes anti-obesidade e, mais particularmente, inibidores de lipases gastrointestinais.

Associado a uma dieta pobre em calorias, não contendo mais do que 30% de gordura, o Orlistat é utilizado para ajudar pessoas obesas ou com sobrepeso a perder peso e mantê-lo.

Isso significa que deve ser tomado em conjunto com uma dieta hipocalórica, além de praticar exercícios regularmente.

O ideal é que antes de começar a tomar, iniciar uma dieta com poucas calorias e gorduras, pois isso dá ao organismo alguns dias para se adaptar aos novos hábitos alimentares.

Vale ressaltar que a obesidade, causada pelo excesso de gordura, representa um problema de saúde pública, inclusive os números de pessoas obesas estão aumentando a cada ano.

É um problema que atinge cada vez mais crianças e adolescentes, e está diretamente associado a um estilo de vida sedentário, falta de exercícios físicos e uma dieta desequilibrada.

Sem falar na parte estética, pessoas obesas são muito mais suscetíveis a uma série de doenças, como:

  • Diabetes;
  • Hipertensão;
  • Aumento do colesterol;
  • Doenças cardíacas;
  • Cálculos biliares;
  • Apneia do sono.

Então, a partir do momento que o Orlistat ajuda no processo de perda de peso, evitaria o surgimento de todas essas doenças.

Como funciona

O princípio de funcionamento do Orlistat é bloquear a ação de uma enzima, a lipase, que é necessária na decomposição das gorduras presentes nos alimentos e na sua transformação em ácidos graxos, os quais são absorvidos pelo organismo.

Ou seja, o Orlistat bloqueia a ação da lipase e previne a absorção de gorduras, as quais são eliminadas através das fezes.

Orlistat Conheça os Prós e Contras do Uso 2

Uma vez que as enzimas são bloqueadas, elas não podem mais digerir certas gorduras dos alimentos, de forma que cerca de 30% das gorduras passam pelo tubo digestivo sem ser digeridas.

O organismo não pode então utilizar essas gorduras como fonte de energia, nem transformá-las em tecido adiposo, o que contribui para a perda de peso.

Quais os prós e contras do uso?

Confira a seguir os prós e contras do uso do Orlistat:

Prós

  • Controle de peso a longo prazo, eficaz para pessoas com sobrepeso ou obesas;
  • Ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue, reduzindo a incidência de diabetes;
  • Redução do colesterol e hipertensão arterial;
  • Menor risco de doenças cardiovasculares.

Contras

  • Pode apresentar interações com outros medicamentos;
  • Pessoas com diabetes tipo 2 podem perder menos peso em comparação com não diabéticos;
  • Não é indicado para quem tem alergia ao composto ativo ou outros componentes;
  • Contraindicado para pacientes com síndrome de má absorção digestiva crônica;
  • Grávidas e lactantes não devem tomar; Alguns efeitos colaterais, como dor de cabeça, gripe, dor abdominal.

Por isso é fundamental consultar um médico antes de começar a tomar, mas isso não significa que não seja benéfico para a saúde, especialmente no caso de obesos ou indivíduos com sobrepeso.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta