Cai o número de mortes no trânsito brasileiro

Por Agência Rádio 2

trânsito-reprodução
(Foto: Reprodução).

40 mil e 500 pessoas morreram em acidentes de trânsito no ano passado, em todo o país. O total é 10% menor do que o registrado em 2012. Naquele ano, 44 mil e 800 pessoas perderam a vida em função da violência no trânsito brasileiro.

A queda, que é a maior já apurada desde 1998, acontece depois que Lei Seca ficou mais rigorosa. Desde dezembro de 2012, a multa para quem dirige alcoolizado é de mil 915 reais e 30 centavos.

Além disso, o motorista perde o direito de dirigir por 12 meses e tem o veículo retido.

Especialistas em segurança no trânsito acreditam que outros fatores também contribuíram para a diminuição do número de mortes, como a popularização cada vez maior de itens de segurança como feios ABS e airbags, itens, aliás, que passaram a ser obrigatórios nos carros fabricados a partir deste ano.

Mesmo com a queda no número de mortes dentre 2012 e 2013, não dá para esquecer que o trânsito no país é um dos mais violentos do mundo.

Por aqui, o índice de mortes é de 20 por 100 mil habitantes. Em países desenvolvidos, a proporção é de 8 para 100 mil habitantes.

O Brasil tem até 2020 para reduzir o pela metade esse número. A meta está estabelecida em uma resolução da ONU, assinada pelo país em 2011.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta