Em Mafra vaca é esquartejada ainda viva para furto de carne

O final de semana teve mais um registro de furto de carne bovina no interior de Mafra. Dessa vez, o caso foi registrado na madrugada de sábado, 18, no Viveiro Mafrense, no Morro do Faxinal, onde uma vaca charolês foi morta e esquartejada.

Segundo o criador William Auerhahn, a suspeita é que o animal sofreu golpes de marreta e foi esquartejado ainda vivo.

O que chamou a atenção é que 70% da carne foi deixada, sendo levado apenas as partes dianteiras e traseiras. William calcula um prejuízo em torno de R$ 8 mil.

“Essa ação é idêntica a praticada na localidade de Ribeirãozinho, algumas semanas atrás”, destacou.

O criador disse que registrou um boletim de ocorrência virtual no site da Polícia Civil e espera que o caso seja investigado. “É uma crueldade com os animais e um prejuízo alto para nós produtores”, pontuou.

Ele também fala da incerteza em continuar no ramo, já que essa é a quinta vez que a propriedade é alvo desse tipo de crime. “Nos sentimos impotentes, indignados, sem esperança em soluções para esse tipo de situação. Continuamos a criar e produzir? Ou abandonamos a propriedade para ser invadida?”, indagou.

Ainda, de acordo com o criador, a vaca havia sido medicada recentemente e consumir sua carne antes do intervalo de segurança pode trazer riscos à saúde.

Recentemente, o delegado regional de Mafra, Nelson Vidal, informou que a Polícia Civil já tem indícios da autoria desses crimes, e apura em sigilo para não atrapalhar as investigações.

“Criamos recentemente uma força-tarefa com as demais forças de segurança da cidade para levantar um banco de dados com o objetivo de combater esse tipo de crime na região. Pedimos também apoio da população que nos ajude denunciando qualquer tipo de suspeita”, pontuou.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.