Polícia Civil prende segurança e fecha esquema de venda de drogas

DIC (4)Na tarde de quinta-feira, 29, a Polícia Civil de Porto União, com a ajuda de sua Divisão de Investigação Criminal (DIC) e apoio de demais policiais civis da Comarca de Porto União, cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência de de um homem de 41 anos.

Durante as buscas foram encontradas duas armas de fogo, sendo uma espingarda calibre 36 e um revólver calibre 38, e 28 buchas de substância semelhante a cocaína. Após as buscas, foi dada voz de prisão em flagrante por posse ilegal de armas e tráfico de drogas, tendo em vista a natureza do pedido de mandado de busca.

O mandado de busca foi exarado pela Justiça de Santa Catarina a pedido da autoridade policial pois, após meses de investigação da DIC foram levantados dados suficientes para que os policias efetuassem a busca e coletassem conjunto probatório para que o referido supeito fosse detido e as provas levadas a delegacia para assim iniciar os procedimentos necessários para o futuro julgamento e possível condenação por tráfico de drogas.

DIC (3)O suspeito trabalhava como segurança em casas noturnas, supermercados e postos de gasolina, onde se utilizava da grande movimentação de pessoas para vender a droga.

Assim,  diante dos fatos e dos objetos encontrados, o suspeito foi conduzido à Delegacia para dos devidos procedimentos legais e posteriormente encaminhado para a Unidade Prisional Avançada (UPA) onde permanecerá a disposição da Justiça do Estado de Santa Catarina.

A DIC já identificou vários usuários que adquiriram a droga (cocaína) com o suspeito, os quais, nos próximos dias serão intimados a comparecer na Delegacia para prestar esclarecimentos.

3 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

  • Jair da Silva - 30 de agosto de 2013 - 12h 24
    Por quê não dão a identificação completa do meliante? Existem outros meios de comunicação que dão todos os dados. A sociedade precisa saber para se proteger de tais pessoas. Me expliquem por favor.
    Responder
    • Redação de O Comércio - 30 de agosto de 2013 - 13h 50
      Olá Jair da Silva, até o momento o homem que foi preso pela Polícia é apenas um suspeito. Quando a investigação terminar, dependendo da homologação, o nome poderá ser divulgado. Att Redação de O Comércio
      Responder
  • João - 31 de agosto de 2013 - 08h 36
    Esse é o Izauri Trabalhava como segurança no mercado Chiptoski e no Posto Iguaçu.
    Responder