DIC e DPCAMI prendem suspeito de estupros em Porto União

dicA Polícia Civil de Porto União, por meio de sua Divisão de Investigação Criminal (DIC) e Delegacia de Polícia de Proteção à Mulher, Criança, Adolescente e Idoso de Porto União (DPCAMI), sob a coordenação dos Delegados de Polícia Civil, Vinicius Buratto Iunes e Wellington Gustavo Spiacci, cumpriu um Mandado de Prisão Preventiva em desfavor de um homem de 23 anos de idade, o qual é suspeito de praticar dois estupros contra duas menores, 14 e 16 anos. Os fatos aconteceram em Porto União em maio deste ano, um no dia 7 e outro no dia 25 de maio.

Segundo o depoimento das duas vítimas, o suspeito transitava com seu veículo a espera de encontrar uma vítima em potencial, abordava as vítimas na rua, sendo que a principio oferecia carona, e depois as levava a um local sem movimento, na zona rural do município, onde o suspeito estuprava as meninas.

Assim que os fatos chegaram ao conhecimento da Polícia Civil, iniciou-se o processo investigativo, sendo que durante a investigação foi identificado o suspeito, cuja foto foi apresentada para as vítimas, as quais prontamente o reconheceram, bem como reconheceram o veículo utilizado por ele.

Em razão dos fatos, a Polícia Civil de Porto União representou pela prisão preventiva do suspeito, sendo prontamente autorizado pela Justiça.

O suspeito foi preso no dia de hoje, 03/06/2013, quando dormia em sua residência, tendo, após as formalidades legais, sido encaminhado à Unidade Prisional Avançada de Porto União, estando à disposição da Justiça.

Segundo os Delegados responsáveis pelo caso, o Inquérito Policial será finalizado e encaminhado, ainda esta semana, ao Fórum local.

Acompanhe o cometário do Delegado Vinicius Buratto Iunes

7 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

  • Gersson Fr. - 03 de junho de 2013 - 17h 10
    Estuprador na cadeia, viva! Só espero que não deixem ele isolado... deixa o cara com uns amigos por favor.
    Responder
  • zé indignado - 03 de junho de 2013 - 17h 14
    Mais uma notícia que como muitas da área policial em União da Vitória e Porto União omitem-se os nomes das pessoas, colocam tarja preta nos olhos mesmo sendo de maior. Noutra cidades dá o nome endereço etc do bandido mas aqui... medo de que? Issso não é informação e sim desinformação!
    Responder
    • CARLOS ALMEIDA - 04 de junho de 2013 - 16h 03
      é a lei..não fale bobagem,informe-se antes de criticar a cidade!
      Responder
  • joao - 04 de junho de 2013 - 09h 44
    estuprador não precisa cadeia. TEM QUE CASTRAR
    Responder
  • pamela - 04 de junho de 2013 - 12h 33
    porque ao menos não colocam a foto do carro para a gente ver....esses caras tem que ser levado para cadeira elétrica...é claro que depois de passar uma semana com os companheiros de cela,,estuprador e pedófilo não são aceitos nas unidades prisionais...seus lixos vocês são VERMES QUE SÓ FAZEM PESO NA TERRA...ainda ficam presos só dando prejuízo..
    Responder
  • CARLOS ALMEIDA - 04 de junho de 2013 - 16h 04
    ESSE VAI FICAR COM O RABINHO ARDIDO LOGO LOGO...HAUAHUA!!! ESTUPRADOR TEM MAIS É QUE SE F++++++
    Responder
  • antonio - 10 de setembro de 2013 - 10h 59
    bom mesmo é assistir a Record,o Marcelo Resende faz questão de mostrar bem a cara dos criminosos porque ele acredita que está dando conhecimento de quem são os larápios para que o cidadão de bem possa tomar cuidado ao avistá-los. e está corretíssimo,temos o direito de saber quem são as "maçãs podres" na sociedade. a diferença que lá a lei é outra !!!!
    Responder