Vinho laranja, o branco de alma tinta

Inesgotáveis são os encantos do vinho. Nossa bebida predileta é infinita em sua variedade, permanentemente renovada por novidades. Algumas destas, porém, como os ditos vinhos laranja, nada mais são que método milenar revisitado por produtores ao redor do planeta.

Inesgotáveis são os encantos do vinho. Nossa bebida predileta é infinita em sua variedade, permanentemente renovada por novidades. Algumas destas, porém, como os ditos vinhos laranja, nada mais são que método milenar revisitado por produtores ao redor do planeta.

O que são os vinhos laranja e como são feitos?

É importante esclarecer que o vinho laranja não é feito com laranjas e sim com uvas brancas. A alcunha “laranja” vem de sua cor em tons de âmbar, um batismo informal, já que a categoria oficialmente não existe. Muitos, como o italiano Josko Gravner, papa deste nicho, prefere que seus vinhos sejam chamados de “âmbar”. “Laranja pode dar a ideia de vinhos oxidados, estragados”, disse ele em uma das entrevistas que fiz o grande enólogo.

Para entender como são feitos os vinhos laranja antes é preciso explicar que a cor dor vinhos geralmente vem das cascas e não da polpa da uva. Normalmente os vinhos tintos são feitos com maceração ou curtimento do mosto (ou suco) de uvas junto com suas cascas. Os vinhos brancos, ao contrário, geralmente têm suas cascas separadas antes da fermentação, resultando em líquidos translúcidos.

Podemos dizer que os vinhos laranja, nada mais são que vinhos brancos elaborados como se fossem tintos, com maceração. Enquanto um tinto normalmente macera por entre poucos dias há poucas semanas, um laranja pode macerar por vários meses. Este processo resulta em líquidos de cor âmbar ou alaranjadas. As cascas também proporcionam textura mais densa, aromas mais ricos e a presença de taninos, substância que dá adstringência e que normalmente está presente apenas nas tintos, e é quase ausente nos brancos convencionais.

A maior referência histórica desde estilo de vinhos está na república da Geórgia, antiga integrante da União Soviética localizada no Cáucaso, fronteira da Europa com a Ásia, onde tipicamente este tipo de vinho é elaborado há milênios em grandes ânforas de barro.

Como é o gosto de um vinho laranja

Além da já citada cor em tons que vão do dourado, passando pelo alaranjado e chegando ao âmbar, os vinhos deste tipo tem sabor e aroma diferenciados. No nariz notas típicas seriam mel (sem serem vinho doces), chá preto, flores secas e/ou maceradas, frutas secas como nozes e castanha de caju, maçã cozida, jaca, verniz e cera. O Paladar chama a atenção pela presença de taninos, o que normalmente só encontramos em vinhos tintos, textura mais densa, e são comuns algumas notas de amargor no fim de boca.

Por sua cor, os laranjas vezes são confundidos com vinhos oxidados, alguns de fato são insípidos ou mesmo oxidados. Toda categoria, afinal, tem seus bons e ruins.

Como devem ser servidos e harmonizados

Trate seu laranja quase como um tinto. Sirva a uma temperatura entre 14oC e 16oC, e por vezes estes ficam melhores com uma decantação curta, de digamos meia hora. Quanto a harmonização, estes são vinhos versáteis, pois gravitam entre branco e tinto. Sugiro experimentar com cozinhas exóticas como tailandesa, indiana ou marroquina, ou japonesa quente (yakissoba por exemplo) e pratos com shoyo. Tradicionais pratos de peixe mais temperados devem ir bem. Que tal tentar com uma receita portuguesa de bacalhau?

Exemplos de vinhos laranja no Brasil e no mundo

Aqui vão alguns exemplos de vinho laranja para você conhecer: Josko Gravner Ribolla Giala Anfora (Itália), Radikon Bianco Oslavje, Cornelissen MunJebel Classico Bianco, Zidarich Vitovska (todos da Itália); Simcic Marjan Rebula (Eslovênia); Anselmo Mendes Curtimenta (Portugal); Terranoble Disidente Naranjo (Chile); Alma Negra Orange (Argentina); Domaine Ferrer-Ribière Empreinte du Temps Sans Interdit Sec (França). Do Brasil não faltam opções: Leoni di Venezia Oro Vecchio, Era dos Ventos Peverella, Vinha Unna Chardonnay, Dominio Vicccari Riesling e Arte da Vinha (Zenker) Moscato Giallo

Da Geórgia, berço dos Laranjas, vale a pena olhar o site da Wine7.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.