Ir às compras pode ser uma experiência sustentável e ecofriendly

Kimbino.com.br compromete-se a proteger o meio ambiente através dos folhetos online de descontos de lojas e supermercados.

A ideia de sustentabilidade e a preservação do meio-ambiente ganha cada vez mais o holofote, sendo aceita pelo público em geral e até empresas, seja por interesse genuíno no assunto ou então entrar em uma onda que é vista com bons olhos. Curiosamente, hoje até ir às compras e girar a roda do consumismo pode ser uma iniciativa verde, ecofriendly.

Já há uma série de medidas que foram postas em prática para ajudar o meio-ambiente. Algumas delas não são tão novas, o que mostra que o brasileiro sempre teve alguma ideia de sustentabilidade e que seguir nesse caminho só é positivo, ainda mais para um país com tanta beleza natural.

Foto: Kimbino
Foto: Kimbino

Compra de garrafas de vidro é proteção ambiental

Essa é uma realidade ainda de muitas cidades do Brasil, onde garrafas de vidro de refrigerantes de marcas conhecidas são vendidos e você pode devolver no próprio supermercado e ganhar uma recompensa.

Há quem diga que o vidro deixa o produto melhor. O que não dá para discutir é como essa medida é sustentável, já que o plástico é um produto muito difícil de decompor e essas garrafas de vidro podem ser reutilizadas. A proteção ambiental no caso é evidente.

Ataque ao plástico continua

A substituição da sacola de plástico já começa a dar efeitos, com grandes supermercados vendendo sacolas feitas com materiais reciclados e cobrando o uso das sacolinhas. Levar sua sacola grande de pano ou reciclada é melhor para o ambiente e ainda pesa menos no bolso. Uma situação ganha-ganha.

Mais recentemente começou o ataque aos canudos de plástico, com eles sendo banidos no Rio de Janeiro. Empresas como McDonalds e Starbucks se juntaram à “perseguição” e com certeza se notará a diferença, já que só suas lojas deixando de usar esse material, o impacto será enorme.

Uma pesquisa da revista Science trouxe o chocante número de 4 a 12 milhões de toneladas – dos 275 milhões de tons de resíduos plásticos produzidos no mundo – vão parar nos oceanos.

É normal esperar que depois dos canudos, as garrafas sejam o passo seguinte.

Kimbino e a tecnologia que facilita a vida do consumidor e ainda dá descontos em lojas

O avanço dos dispositivos móveis impactou nas mais diversas áreas, barateando custos, criando empregos, eliminando outros, enfim, gerando mudanças claras. Mas curiosamente, na hora de irmos para o supermercado, a experiência parecia bastante com a de antigamente.

Até isso começa a mudar. Ainda estamos longe de termos os supermercados idealizados pela Amazon, onde você entra, pega o produto na prateleira, sai do supermercado e sem passar ele por lugar algum o custo dele é debitado em sua conta do site.

Mas munido de um site e com folhetos digitais com os da Kimbino.com.br, em vez daqueles pedaços enormes de papel de baixa qualidade você já pode ir no supermercado de seu bairro ou então em lojas de móveis e departamento.

No caso do site citado, você pode aproveitar promoções incríveis, especialmente em dias de grande atenção para o comércio como Natal e Black Friday. Você acaba não perdendo nada dessas ofertas e não tem esforço nenhum para poupar dinheiro.

Há muitas vantagens em tudo isso. Primeiro, o tanto de papel que será poupado, já que as quantidades de lojas e clientes que entram nelas exigiam um trabalho cavalar e um impacto na natureza em uma grandeza imensa. Uma árvore grande gera até 80 mil folhas A4. Agora pense em quantas árvores são derrubadas para arcar com toda nossa produção.

Para ajudar, mais um número: 15,3 bilhões de árvores são derrubadas todos os anos.

Segundo, o conforto. Você não precisa ir mais na loja para pegar o folheto e ficar ciente das ofertas especiais.

Elas podem ir parar no seu celular e serem acessadas a qualquer momento para você ter descontos em lojas. Por exemplo, com o folheto Lojas Cem no seu bolso para ser navegado de forma online.

A empresa também ganha uma linha direta para convencer que seu produto merece ser comprado e consumido. E um bom desconto não dá para recusar.

Trazendo o celular ou tablet para essa experiência, você começa a abrir para um monte de ideias. Quem sabe não precisar levar uma carteira, pagando via QR Code ou outro meio. Ou então deixar as compras ali mesmo e um drone ou veículo inteligente levar pelo destino com um toque na tela.

Conclusão

Como dá para notar, sustentabilidade e tecnologia conversam entre si e avanços podem ser integrados para serem mais facilmente aceitos e implementados.

Outras mudanças, mais físicas, como o fim do plástico, necessitam de ações mais firmes, mas também com a tecnologia à frente, oferecendo produtos substitutos que sejam baratos, úteis e não agridam o meio-ambiente.

O importante é que a ideia se espalhe e que mudanças sejam pensadas e executadas pelos mais diversos atores – pessoas, empresas, organizações, governos – para ajudar o planeta.

Fonte: Kimbino.com.br

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta