Prefeitura lança projeto “Canoinhas, cidade que eu amo”

(Foto: Assessoria).
(Foto: Assessoria).

A Prefeitura de Canoinhas liberou nesta quinta-feira, 10, o sinal de wi-fi nas praças e em alguns espaços públicos. A ação faz parte do projeto “Canoinhas, cidade que eu amo”, lançado oficialmente também nesta quinta. “Temos consciência de que há muito o que fazer pelo nosso município, mas temos a certeza de que estas ações tornarão a cidade mais acolhedora para que as pessoas possam cada vez mais sentir prazer em viver aqui. Estamos fazendo a nossa parte e convidamos a população para que também mostre o valor que Canoinhas tem”, disse o prefeito Beto Passos.

O acesso à internet, por exemplo, deixou de ser apenas entretenimento. “É um item indispensável de comunicação, de trabalho e de estudos. Com a extinção dos telefones públicos, agora quem está no Centro poderá fazer contato por meio da internet”, comenta. Além de benefício aos moradores, a internet vai facilitar a comunicação de quem precisa fazer negócios e também aos turistas.

“A internet é para a comunidade. Estamos levando inclusão digital para toda a população”, ressaltou o vice-prefeito Renato Pike.

O sinal está liberado nas Praças Lauro Müller, Oswaldo de Oliveira, em frente à prefeitura, no terminal rodoviário e no Parque de Exposições Ouro Verde. O acesso é gratuito, mas limitado por um período de tempo para garantir a rotatividade e a ampla participação.

A internet estará liberada 24horas por dia, mas o usuário ficará conectado durante uma hora. A conexão cairá, sendo possível fazer novo acesso depois de uma hora. A velocidade de conexão é de 50 mega e não há limite de dados de acordo com a empresa Unifique, responsável pelo fornecimento da internet.

Para acessar, um cadastro precisa ser feito no próprio aparelho a ser usado para a conexão – respeitando o Marco Civil da Internet. Não será permitido acesso a conteúdos violentos ou de cunho sexual.

Canoinhas liberou nesta quinta-feira, 10, o sinal de wi-fi nas praças e em alguns espaços públicos. A ação faz parte do projeto “Canoinhas, cidade que eu amo”, lançado oficialmente também nesta quinta. “Temos consciência de que há muito o que fazer pelo nosso município, mas temos a certeza de que estas ações tornarão a cidade mais acolhedora para que as pessoas possam cada vez mais sentir prazer em viver aqui. Estamos fazendo a nossa parte e convidamos a população para que também mostre o valor que Canoinhas tem”, disse o prefeito Beto Passos.

O acesso à internet, por exemplo, deixou de ser apenas entretenimento. “É um item indispensável de comunicação, de trabalho e de estudos. Com a extinção dos telefones públicos, agora quem está no Centro poderá fazer contato por meio da internet”, comenta. Além de benefício aos moradores, a internet vai facilitar a comunicação de quem precisa fazer negócios e também aos turistas.

“A internet é para a comunidade. Estamos levando inclusão digital para toda a população”, ressaltou o vice-prefeito Renato Pike.

O sinal está liberado nas Praças Lauro Müller, Oswaldo de Oliveira, em frente à prefeitura, no terminal rodoviário e no Parque de Exposições Ouro Verde. O acesso é gratuito, mas limitado por um período de tempo para garantir a rotatividade e a ampla participação.

A internet estará liberada 24horas por dia, mas o usuário ficará conectado durante uma hora. A conexão cairá, sendo possível fazer novo acesso depois de uma hora. A velocidade de conexão é de 50 mega e não há limite de dados de acordo com a empresa Unifique, responsável pelo fornecimento da internet.

Para acessar, um cadastro precisa ser feito no próprio aparelho a ser usado para a conexão – respeitando o Marco Civil da Internet. Não será permitido acesso a conteúdos violentos ou de cunho sexual.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta