Mais um passo para o Trem das Etnias

Durante sessão da Câmara de Porto União, o vereador Elio Weber compartilhou a notícia que o Rumo Malha Sul passou a concessão do trecho de 18 quilômetros para o Trem das Etnias AS

(Foto: CMPU).
(Foto: CMPU).

Com a ausência justificada do vereador Christian Martins (MDB), os vereadores de Porto União, se reuniram de forma virtual, na tarde de segunda-feira, 22, para a realização da 20 ª Sessão Extraordinária com caráter ordinário.

Com uma pauta enxuta, o destaque da reunião ficou por conta da notícia dada pelo vereador Élio Miguel Weber (MDB). A frente do projeto Trem das Etnias por meio do Instituto Grunenwald, ele comemorou a boa notícia da assinatura do Contrato Operacional Especifico (COE) no qual a Rumo Malha Sul (RMS) concede a Trem das Etnias SA a concessão da ferrovia de um trecho de 18 quilômetros até a localidade de Grunenwald.

Com o contrato assinado, a 310 tem autorização específica para prestação de serviços turísticos com passageiros. “Estamos muito felizes. É uma grande conquista. Esperamos dois anos pela assinatura deste contrato”, comenta Élio. Vale lembrar que os vagões da Locomotiva 310 estão desde novembro do ano passado sendo restaurados em Rio Negrinho (SC).

Na Ordem do Dia

Da pauta, o que pode ser destacado  foi aprovação  em discussão e votação única com parecer favorável da Comissão de Finanças, Orçamento e Patrimônio o Projeto de Lei nº 07/2020 do vereador Jacir Barth (PSDB) no qual denomina o Portal Turístico de Santa Cruz do Timbó de Portal Centenário de Santa Cruz do Timbó.

Projeto Trem das Etnias

Desenvolvido desde 2009, o projeto Trem das Etnias tem como objetivo recuperar a malha ferroviária do lado catarinense, da Estação União até o quilômetro 14, na localidade de Aquiles Stenghel.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta