Colégio Astolpho Macedo de Souza abre matrículas para o EJA

Educação de jovens e adultos oferece vagas para ensino fundamental e médio

AstolphoNão frequentar uma escola ou concluir as fases da educação básica e fundamental não tem mais desculpa no mundo globalizado. Quem deixou de frequentar as aulas ou nunca teve oportunidade, tem na Educação para Jovens e Adultos (EJA) uma nova oportunidade.

O Colégio Astolpho Macedo de Souza, no bairro São Basílio, ao lado da Uniuv, está com as matrículas abertas para quem quiser estudar nesta modalidade. Para tanto oferece vagas para o ensino fundamental, com idade mínima de 15 anos, com disciplinas de português, matemática, história, educação física e artes.

Já para o ensino médio, somente para idade igual ou superior a 18 anos, as disciplinas são de Português, matemática, inglês, física, geografia, sociologia, biologia, educação física e artes.

As modalidades contam com professores experientes para ajudar os alunos a concluir seus estudos. Inscrições na secretaria do colégio e informações podem ser obtidas pelo telefone (42) 3522 26 41. As matrículas estão abertas até o dia 19 de janeiro.

O que é o EJA

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é uma modalidade de ensino, que perpassa todos os níveis da Educação Básica do país. Essa modalidade é destinada a jovens e adultos que não deram continuidade em seus estudos e para aqueles que não tiveram o acesso ao Ensino Fundamental e/ou Médio na idade apropriada.

A Educação de Jovens e Adultos (Eja),  é o novo nome do antigo supletivo, quer garantir que os recém-alfabetizados não voltem a ser analfabetos. São pessoas que, geralmente, fracassaram no sistema escolar, já com histórias de vida, com conhecimentos próprios e que têm pressa para aprender.

O professor não pode partir do pressuposto de que o aluno da Eja não sabe nada. Precisa ensinar a partir dos conhecimentos por ele já adquiridos. Trabalha-se a auto-estima, conquista-se o aluno, valorizando o seu saber. A Eja favorece adultos e jovens, visto estar comprovado que alunos de pais analfabetos ou de pouca escolaridade avançam pouco nos estudos.

Quais são os objetivos do EJA

EJAX01Proporcionar a conclusão do Ensino Médio aos Jovens e Adultos que estão afastados da escola e desejam retomar os seus estudos;

Garantir ao aluno, através da modalidade de Educação à Distância, a flexibilidade entre tempo e espaço e a economia de tempo e dinheiro gerada pelo não deslocamento diário até a escola;

Oferecer a inclusão digital pelo uso da tecnologia na educação;

Propor a democratização do ensino por todos os cantos do Brasil;

Quebrar barreiras territoriais de um país de extensão continental com a utilização da tecnologia de transmissão via satélite de última geração;

Participar da mudança na concepção do educar tradicional, que mantém os mesmos moldes do século XIX.

Como funciona

Voltada para a garantia de formação integral, da alfabetização às diferentes etapas da escolarização ao longo da vida, inclusive àqueles em situação de privação de liberdade, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) é pautada pela inclusão e pela qualidade social.

Dessa forma, requer tanto um modelo pedagógico próprio que permita a apropriação e a contextualização das Diretrizes Curriculares Nacionais, quanto a implantação de um sistema de monitoramento e avaliação e uma política de formação permanente de seus professores.

A Educação de Jovens e Adultos é definida pelo artigo 37 da LDB (lei n. 9.394/96) como a modalidade de ensino que “será destinada àqueles que não tiveram acesso ou à continuidade de estudos no ensino fundamental e médio na idade própria”.

A principal tarefa da Educação de Jovens e Adultos é fazer valer o previsto no artigo 208 inciso I da Constituição Federal de 1988, que garante o acesso e a permanência ao ensino fundamental a todos.

Tal política vem sendo incentivada pelo poder público, que abrangeu, além do ensino fundamental, o ensino médio, adequando esta modalidade de ensino às características dos jovens e adultos brasileiros.

O que é necessário para se inscrever?

A documentação dependerá da escola, mas geralmente são os documentos pessoais e o histórico escolar para comprovar até onde você estudou. Consulte a escola para obter uma informação mais detalhada.

Certificação: exame supletivo

Até alguns anos atrás, a certificação dos alunos da EJA era chamada de exame supletivo, nome que pode vigorar ainda em algumas regiões do Brasil. A prova avalia as competências dos estudantes da EJA para a obtenção do certificado de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio.

Pessoas que estudaram por conta própria ou por programas, mas não estão ligadas a nenhum programa de EJA também podem se inscrever nesses exames para pleitear o certificado.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta