Hospital São Braz busca implantação de UTI Neonatal em Porto União

Hospital São Braz busca implantação de UTI Neonatal em Porto União

Secretário de Saúde garante tramitação acelerada em Comissões Intergestores

são braz (1)
Hospital de Caridade São Braz (Arquivo: Bruna Kobus/Jornal O Comércio)

Referência no Planalto Norte catarinense, o Hospital de Caridade São Braz iniciou processo para implantar uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal. A informação foi confirmada pelo Secretário de Saúde de Porto União, Jair Giraldi, na tarde de quinta-feira, 9. Segundo o Secretário, o hospital entregou solicitação ao Conselho Municipal de Saúde, que autorizou o andamento do processo. A UTI Neonatal do São Braz vai desafogar a que já está instalada na Associação de Proteção a Maternidade e à Infância (APMI) de União da Vitória.

O chefe da pasta de Saúde disse que quando não há possibilidade de utilizar a UTI Neonatal do Hospital Maternidade de União da Vitória, as mães parturientes e bebês são encaminhados para Mafra, que é a referência para a região norte de Santa Catarina. “Precisamos desta UTI em Porto União,” defende Giraldi.

De acordo com a administradora da APMI, Antônia Donadel Bilinski, o hospital dispõe de dez leitos na UTI Neonatal e uma outra incubadora em caso de lotação dos leitos. “Nós temos a disposição da UTI Neonatal oito pediatras e outros dois Neonatologistas”, completa. A administradora confirmou ainda que os dez leitos da UTI quase sempre estão ocupados, mas que em casos de necessidade há recolocação de pacientes ou uso da incubadora.

Secretário fala sobre a implantação da UTI Neonatal em Porto União:

Segundo Giraldi, após a deliberação do Conselho Municipal de Saúde, a solicitação será avaliada pelo Colegiado Intergestores Regional do Planalto Norte catarinense. Giraldi preside o Colegiado e não vê problemas na tramitação do projeto. Após a análise do Colegiado, a proposta será finalmente analisada pela Comissão Intergestores Bipartite do Estado de Santa Catarina, da qual Giraldi tem assento, representando a região. “A ideia é acelerar o trâmite nas duas comissões e enviar para o Governo do Estado”, conta o Secretário.

são braz (2)
Secretário de Saúde de PU diz que não tem mais possibilidade de o município ficar sem uma UTI Neonatal (Arquivo: Bruna Kobus/Jornal O Comércio)

Depois de aprovada pelas comissões, o Governo do Estado vai vistoriar as instalações do Hospital São Braz para avaliar as condições físicas do prédio. Uma vez aprovado, o Governo deve contratualizar com o Hospital e libera as verbas de origem do tesouro do governo catarinesne e também aporte federal. Giraldi disse que o trâmite nas comissões regional e estadual começa no início de fevereiro. “Até junho, o processo estará em fase final de apresentação”, garante.

Procurado, o administrador do Hospital São Braz, Darci Ferreira da Costa Filho, estava em Canoinhas e sua assessoria disse que o Hospital fornecerá novos detalhes do projeto na próxima semana.

Comissão Intergestores Bipartite

Também chamada de CIB/SC, a Comissão Intergestores Bipartite, conforme artigo nº 136 da Norma Operacional Básica do Sistema Único de Assistência Social – NOB/ SUAS, aprovada pela Resolução CNAS n° 33/2012, constitui-se como espaço de articulação e interlocução dos gestores municipais e estaduais da política de assistência social, caracterizando-se como instância de negociação e pactuação quanto aos aspectos operacionais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

É requisito para sua constituição a representatividade do Estado e dos municípios, levando em conta o porte dos municípios e sua distribuição regional, com a seguinte composição: seis representantes do Estado e seus respectivos suplentes, indicados pelo gestor estadual da política de assistência social, e seis representantes dos Municípios e seus respectivos suplentes, indicados pelo Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social de Santa Catarina (Coegemas).

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta