Polícia acredita em negligência no acidente que matou adolescente

WhatsApp Image 2018-08-21 at 11.23.28O acidente que deixou um adolescente de 13 anos morto depois da tampa de um caminhão caçamba o atingir foi o segundo registrado em uma semana. No começo do mês, uma criança de dois anos morreu após a tampa de uma caçamba abrir em Colombo – região Metropolitana de Curitiba.

Em São Mateus do Sul, o acidente aconteceu na BR 476 – trecho urbano na Vila Palmeirinha.  A mãe do garoto, que estava com ele, também teve ferimentos. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso.

De acordo com o delegado Jonas Eduardo Peixoto do Amaral, responsável pelo caso, as apurações iniciais apontam que o motorista foi negligente. Um parafuso que segurava a abertura da porta se soltou.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o caminhão trafegava no sentido Santa Catarina quando a tampa traseira do veículo abriu e atingiu os dois pedestres, que transitavam no acostamento. O motorista do caminhão, de 59 anos, foi abordado a 500 metros a frente do local arrumando a tampa. O caminhoneiro disse que assim que percebeu a tampa aberta, parou o veículo e que não teria notado o acidente. O caminhão estava vazio e seguia sentido Três Barras, em Santa Catarina.

Segundo o delegado, o veículo é bastante rodado e apresenta características de pouca manutenção. “Ele era usado há bastante tempo pelo proprietário. Teria que ter um cuidado redobrado para verificar todas as condições de segurança desse veículo”, afirma Amaral.

O adolescente foi encaminhado a um hospital de São Mateus e depois transferido para o Hospital São Camilo, em União da Vitória, na mesma região, mas, não resistiu e morreu. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de União da Vitória.

O delegado acredita que a vítima fazia o trajeto com frequência, já que morava na Vila Palmeirinha e o acesso à escola é feito pela rodovia. Segundo o delegado, não coube prisão em flagrante porque a culpa do motorista não foi confirmada.

O condutor fez o teste do bafômetro que deu negativo para o uso de álcool. Ele pode responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta