Milho no Monjolo

Odilon Muncinelli

Milho no Monjolo – 12 de Fevereiro de 2019

ESCREVE O LEITOR

“Bom dia Odilon. Recebi os exemplares do O COMÉRCIO que você me enviou e agradeço muito. Como minha justificativa  do porquê das minhas alegações da não publicação da sua coluna foi possível esclarecer a dúvida. Eu sou leitor virtual do O COMÉRCIO, isto é, leio  pela Internet e a sua coluna não foi editada na Internet no intervalo de 19/12/18 a 28/01/19, ou seja, 18/12/18 foi a última e 29/01/19 foi a primeira. Não me cabe analisar as razões que levaram o jornal a proceder desta maneira mas, a meu juízo, é uma falha do jornal pois prejudica o leitor e também os  autores de matérias, no seu caso o colunista.  Peço que não me interprete mal mas costumo ser muito observador e sempre que possível prefiro não ficar na dúvida. Agradeço demais a sua paciência e tolerância pois a minha intenção sempre é acrescentar, quando isto me é possível. Grande abraço é ótimo final de semana. Stefano Jakubiu”. (Nota: Conforme Texto Original no e-mail datado de 09 de fevereiro de 2.019).

REVISTA FECOMÉRCIO

A edição n.º 127 da Revista FECOMÉRCIO, publicação da Federação do Comércio, do SESC e do SENAC Paraná, traz uma série de notícias relacionadas à Academia Paranaense de Letras (APL), além de abordar vários temas relativos à cultura. A matéria de capa é dedicada ao Natal no Paço, evento turístico de grande repercussão que acontece no Paço da Liberdade, palco de diversas solenidades da Academia Paranaense de Letras . Entre os assuntos abordados na edição estão o Projeto Lendas do Paraná, promovido em conjunto pela APL e pelo SESC, que recebeu sete mil inscrições de alunos de escolas públicas de todo o Estado. Destaque também para a cobertura do Fejacan – Festival de Música de Jacarezinho e do Palco Giratório, evento teatral de âmbito nacional do Sesc, e três matérias assinadas pelo presidente da Academia Paranaense de Letras, Ernani Buchmann, analisando o ano de 1968, a Rota das Missões, no Rio Grande do Sul e o Início da Coluna Prestes, em Santo Ângelo, também no Rio Grande do Sul

TROVAS ESCOLHIDAS

O meio cultural da Beira do Iguaçu foi enriquecido com um Calendário muito interessante. Trata-se do Calendário para 2019 que apresenta 60 Trovas Escolhidas de vários trovadores brasileiros. Dentre eles, o professor mestre Pedro Melo que representa União da Vitória, PR, com duas trovas. Ei-las pela ordem: 1. “Teu sorriso é meu farol… / Tanta beleza ele encerra, / Que é como se o próprio sol / Desfilasse pela terra…”. 2. “Em vigília a vida inteira, / Me trazendo lenitivo, / A ilusão é uma enfermeira / Que mantém meu sonho vivo…”.

A ÚLTIMA

A Coluna de hoje é dedicada ao catarinense Jairo do Nascimento, “A Muralha de Ébano”, que morreu na manhã da última quarta-feira, dia 06, aos 72 anos de idade, em Curitiba, Paraná. Ex-goleiro do Coritiba Futebol Clube. Um gigante do futebol paranaense

Beira do Iguaçu, Fevereiro de 2.019

Odilon Muncinelli é Membro da ALVI e do IHGPr)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *