Milho no Monjolo – 17 de Dezembro de 2021

O ADVOGADO DO SÉCULO XXI
Recentemente ocorreu o lançamento do livro “O Advogado do Século XXI: Os Novos Desafios do Profissional do Direito”, com 208 páginas, organizado por Ronnie Duarte e José Roberto de Castro Neves. Sinopse: A distância entre os Séculos XX e XXI já se afigura de tal maneira que, sob um olhar comparativo, parece demarcar mundos completamente diferentes. Mudaram a cultura, as tecnologias, as circunstâncias políticas e sociais, as legislações – e o advogado perdura, atravessando gerações em sua missão de zelar pelas garantias básicas de cada indivíduo. Neste livro, nomes importantes da advocacia brasileira se voltam para alguns dos principais desafios da prática jurídica em nosso tempo. Deste modo, não apenas contribuem para o – tão necessário – debate sobre a realidade dos advogados no Brasil, mas sobretudo iluminam os passos de quem já trilha o indispensável caminho da advocacia.

EDIÇÃO PÓSTUMA
A Academia de Letras do Vale do Iguaçu (ALVI), em parceria com a Diocese de União da Vitória (PR), pretende publicar, no próximo ano (2022), em edição póstuma, o último livro escrito ainda em vida pelo acadêmico Dom Walter Michael Ebejer, o honorável 1º Bispo Emérito da Diocese de União da Vitória (PR). Nascido em Dingli, na Ilha de Malta, o confrade Dom Walter Michael Ebejer morreu na tarde de sexta-feira, dia 11 de junho de 2021, em União da Vitória, Paraná, aos 91 anos de idade. Escreveu livros autobiográficos, além de outras produções acadêmicas nas páginas do Jornal “Estrela Matutina”. Deixou mancheias de bons livros, entre eles: “A Teoria Platônica das Formas”, “Eu, Meu Deus e Minha Mula”, “50 Conversões ao Catolicismo” (2 volumes), “Mais Conversões ao Catolicismo”, “Minhas Lembranças Missionárias” e “My Missionary Memories”. Foi membro fundador da Academia de Letras Vale do Iguaçu (ALVI).

ERA UMA VEZ NO CONTESTADO
Escrito pelo jornalista Thiago Meister Carneiro, o livro “Era Uma Vez no Contestado” conta uma história de fé e esperança que se passa durante um dos conflitos mais sangrentos do Brasil: a Guerra do Contestado, que envolveu as Províncias de Santa Catarina, Paraná e o Governo Brasileiro. Em cenários vindos diretamente dos filmes de faroeste, com cenas de ação inspiradas em Quentin Tarantino e repleto de personagens fantásticos (como um lobisomem e um rapaz que nasceu só com uma cor), o livro é uma aventura sobre um pequeno grupo de produtores de erva-mate que se depara com uma relíquia da época de Jesus Cristo: a lança que o perfurou enquanto crucificado. Com esse objeto em mãos, eles precisam enfrentar um capitão do exército brasileiro que se aliou ao maior mal que a Humanidade já conhece. O livro está disponível em e-book.

CONTOS DE NATAL
Na última quarta-feira, dia 15, na sede do Órgão de Classe dos Professores, ocorreu o lançamento do livro “Contos de Natal”, da professora Maria Regina Martins Gelchaki, em parceria com a aluna Verônica Alves que assina as ilustrações a lápis de cor.

A ÚLTIMA
“O Natal teve origem em festas pagãs que eram realizadas na Antiguidade. Nessa data, os romanos celebravam a chegada do inverno (solstício de inverno). Eles cultuavam o Deus Sol (Natalis Invicti Solis), e ainda realizavam dias de festividades com o intuito de renovação”.

Beira do Iguaçu, Dezembro de 2.021.
Odilon Muncinelli – ALVI, IHGPR e AJEBPR.